Notícias

11 out Instituto Butantan apresenta tecnologias da área da saúde no InovaCampinas

Nova vacina contra tuberculose desenvolvida pelo Instituto Butantan é destaque no estande da instituição.

Texto: Marina Nania​

Empresas da área de biomedicina ganham mais um motivo para visitar o InovaCampinas. Com mais de 100 anos de experiência, o Instituto Butantan é o principal produtor de imunobiológicos do Brasil, e acaba de confirmar sua presença no estande da Rede Inova São Paulo, na área de exposição do evento.

“As pessoas conhecem as facetas de cultura, ensino e pesquisa científica do Instituto Butantan, e também nosso lado de produção, graças aos soros e vacinas que se originam aqui”, conta Fábio de Carvalho Groff, Gestor do Núcleo de Inovação Tecnológica do Instituto. “Nossa participação no InovaCampinas vem no contexto de ampliar o conhecimento geral do público a respeito de outra grande faceta: a inovação e o licenciamento de tecnologias aqui criadas”, completa. O Instituto desenvolve estudos e pesquisa básica nas áreas de Biologia e de Biomedicina relacionadas, direta ou indiretamente, com a saúde pública, e traz para o evento quatro tecnologias inovadoras que estão disponíveis para parcerias com empresas interessadas.

É destaque a nova vacina contra a tuberculose, que contém uma proteína que potencializa o efeito protetor do Bacilo de Calmette Guérin (BCG). Na fase de experimentos, os pesquisadores compararam a proteção oferecida pela BCG convencional com a BCG recombinante, e os resultados indicam que a nova vacina tem um efeito notavelmente superior contra o bacilo de Koch, causador da tuberculose.

Também serão apresentados no estande dois peptídeos sintéticos com aplicação na área da saúde. Um deles tem atividade citoprotetora, induzindo a expressão de moléculas de matriz extracelular (colágeno, fibronectina) e atuando como antiapoptético, e pode ser utilizado para remodelagem tecidual, como cicatrizante, cosmecêutico ou em doenças degenerativas. O outro peptídio apresentado é um aliado no combate ao Trypanosoma cruzi, protozoário responsável pela transmissão natural da Doença de Chagas, e se mostrou capaz de inibir em mais de 90% a infecção na célula hospedeira. O Butantan traz ao evento, ainda, um novo agente imunossupressor de origem proteica, que é isolado a partir do veneno da serpente Lachesis muta, e tem potencial para ser utilizada no tratamento de doenças autoimunes e transplantes.

Interessados em saber mais sobre as tecnologias do Instituto Butantan podem visitar a instituição no estande da Rede Inova São Paulo na área de exposição do InovaCampinas, durante o período da manhã. Para marcar uma reunião com o Instituto Butantan durante o evento, escreva para nit@butantan.gov.br.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.